Letícia, da Uniube - jul 27, 2018

O que é EAD? Descubra tudo sobre essa modalidade de ensino

Você sabe o que é EAD?

Estamos falando da educação a distância, que cresce cada vez mais no Brasil. Para você ter uma ideia, mais de 1,4 milhão de alunos de graduação estudaram a distância em 2016 — segundo dados apresentados pelo MEC.

 Essa modalidade vem conquistando os brasileiros com a sua flexibilidade de horários, custos reduzidos e metodologias que impulsionam a aprendizagem.

Se você pensa em se matricular em uma faculdade no próximo semestre, considere fazer um curso a distância. Preparamos este guia para você conhecer a EAD e tomar a decisão certa para a sua formação.

Vem com a gente descobrir:

  • O que é EAD?
  • Quais são os tipos de cursos oferecidos a distância?
  • Como funciona a modalidade?
  • Como é a rotina de um curso a distância?
  • O que o estudante EAD precisa ter?
  • Qual é o valor do diploma EAD?
  • Como o mercado enxerga os formados em cursos EAD?
  • Quais são as vantagens de um curso a distância?

Em termos simples, a educação a distância (EAD) é uma modalidade educacional na qual as aulas não têm horário e local marcados para acontecer. Os alunos e professores não ocupam um determinado espaço físico ao mesmo tempo para que o conhecimento seja transmitido — como acontece em graduações presenciais.

Mas como o conteúdo é repassado exatamente? As aulas são preparadas e disponibilizadas aos alunos por meio de tecnologias de informação e comunicação, como a internet e a TV.

Já ouviu falar no Telecurso 2000? Esse programa televisivo é um bom exemplo de o que é EAD — seus pais ou tios provavelmente o conhecem. Transmitido por mais de 30 anos,  o programa disponibiliza aulas do Ensino Fundamental, Médio, Profissionalizante e Técnico aos brasileiros que não puderam concluir os estudos formalmente.

Mas quando as pessoas começaram a fazer cursos assim? Quando a EAD surgiu? Desde 1728, ano do primeiro registro de oferta de curso por meio de cartas nos Estados Unidos, se aprende novas habilidades e competências por meio da educação a distância.

Logo, a EAD não é uma novidade do século XXI! Essa modalidade existe há mais de 200 anos.

Com a evolução tecnológica ao longo dos séculos, os cursos ganharam mais destaques, escolas a distância surgiram e novos meios, como a TV, o rádio e a internet, permitiram que mais pessoas tivessem acesso à educação.

Como funciona a modalidade?

Agora que você já sabe o que é EAD, saiba mais sobre o funcionamento de um curso EAD de nível superior:

Plataforma

É na plataforma online que você realiza quase todas as atividades do semestre. Veja o que encontrará neste espaço online:

  • Área do Aluno: acesso às informações administrativas (declarações, boletos, requerimentos, etc.) e acadêmicas (boletim, estrutura curricular, histórico, notas de provas, etc).
  • Sala de Aula Virtual: é neste ambiente que você vai assistir às aulas, fazer exercícios, participar de fóruns, fazer leituras programadas, consultar a agenda de estudos, acessar a central de mensagens e usar outras funcionalidades para impulsionar seu aprendizado.

Aulas

As aulas de um curso EAD são disponibilizadas na plataforma de estudos da instituição de ensino. Neste Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), você acessa os conteúdos de cada lição, que podem estar no formato e vídeo e/ou em texto.

É aqui que você passa a maior parte do tempo — especialmente na fase de estudos autônomos. Isto é, na etapa que você precisa fazer leituras orientadas para o conteúdo da disciplina.

Material didático

Em uma graduação a distância, o material didático geralmente é disponibilizado online na biblioteca de cada disciplina. Algumas instituições também fornecem um material impresso chamado “Livro de Apoio” com conteúdos de uma ou mais disciplinas do semestre.

Há também um guia de estudos e um manual de instruções. O primeiro documento orienta sobre a atividades que você deve realizar a distância e presencialmente. Já o segundo, explica todo o funcionamento de um curso EAD e orienta sobre o estágio curricular supervisionado.

Atividades presenciais

Dependendo do curso escolhido, é necessário fazer algumas atividades presenciais, como participar de seminários e oficinas.

Nos seminários, o foco é a integração. É uma atividade pensada para você conhecer seus colegas de turma e os professores especialistas de cada disciplina e debater sobre as teorias estudadas, trocar ideias e realizar trabalhos propostos.

Nas oficinas, o foco é a prática: você vai colocar a mão na massa para aprender fazendo. Ou seja, vai resolver problemas trabalhando em equipe e exercitar o que estudou online.

O papel dos professores e tutores

Você não fica sozinho durante a graduação: professores e tutores são designados para cada disciplina.

Esses profissionais podem ser responsáveis por acompanhar o desempenho e atividades dos alunos EAD, ministrar os conteúdos, produzir material didático, orientar as atividades presenciais e realizar atendimentos no campus ou polo.

Sempre que precisar, contate seu professor ou tutor pela central de mensagens do AVA. Eles estão disponíveis para ajudar você a potencializar seus estudos.

Avaliações

Isso mesmo: os exames também fazem parte da educação a distância. Você deve realizar provas no campus ou polo da faculdade, assim como fazer todas as atividades previstas no calendário acadêmico.

E que tarefas são essas? As atividades de aprendizagem, a avaliação continuada a distância e a participação no fórum da disciplina e as atividades presenciais (seminários e oficinas).

Formas de ingresso

O ingresso em uma faculdade EAD é basicamente o mesmo da graduação presencial. Você precisa conferir o edital do vestibular da Universidade que deseja estudar, seguir as orientações, atender as exigências e realizar a prova no dia e hora marcados.

Geralmente você pode escolher uma das seguintes opções:

  • realizar vestibular tradicional ou agendado;
  • usar a nota do Enem;
  • solicitar transferência de outra faculdade;
  • participar de um processo seletivo para concessão de bolsa de estudos.

Agora que descobriu os principais aspectos da modalidade, conseguiu entender o que é EAD?

A seguir, vamos entender como é o dia a dia de um estudante de uma graduação a distância.

Quais são os tipos de cursos oferecidos a distância?

Atualmente, é possível fazer cursos livres, cursos técnicos, graduações e pós-graduações a distância via internet. Saiba mais sobre cada uma dessas opções:

Cursos Livres

Você já buscou aprender online como fazer uma atividade específica? Por exemplo, tocar violão, fazer maquiagens profissionais, falar inglês, como fotografar melhor ou revisar a gramática? Com os cursos livres é possível aprender tudo isso — e outras habilidades também.

Como diz o nome, são livres: você pode fazer quantos cursos desejar em quantas áreas quiser. Eles ajudam a ampliar o seu conhecimento, a desenvolver novas habilidades ou hobbies e a se preparar melhor para realizar atividades profissionais.

Cursos Técnicos

Curso de nível médio voltado para quem deseja aprender uma profissão e entrar no mercado de trabalho rapidamente. Esse curso pode ser feito durante ou após o término do ensino médio.

Graduação

É a famosa faculdade! A graduação é um curso de nível superior que pode durar de 2 a 6 anos — esse tempo varia de acordo com o tipo de curso (tecnológico, bacharelado ou licenciatura).

A graduação tecnológica dura cerca de 3 anos e visa formar profissionais para atender as necessidades de uma área específica do mercado de trabalho. Por exemplo, um curso tecnólogo em Gestão de Marketing pode focar no desenvolvimento de estratégias.

Já o bacharelado, que tem duração média de de 4 anos, proporciona uma formação mais ampla. Continuando o exemplo de Marketing, um bacharel da área pode trabalhar com planejamento estratégico, desenvolvimento de produtos e serviços, gestão de vendas, análise do comportamento do consumidor, além de outros campos.

E a licenciatura? Este curso visa formar os alunos para atuar na educação formal. Isto é, ser professor ou administrar processos pedagógicos em instituições de ensino básico. Por exemplo, um licenciado em matemática pode dar aulas para alunos do Ensino Fundamental e do Ensino Médio.

 

Pós-graduação

É fazendo uma pós-graduação lato sensu que você continua os estudos após concluir sua primeira faculdade e se aperfeiçoa para o mercado de trabalho.

Os cursos lato sensu são as famosas especializações e o MBA. É uma boa escolha para o graduado que deseja avançar na carreira e se tornar especialista. Um pedagogo, por exemplo, pode fazer uma pós em educação corporativa para atuar somente em médias e grandes empresas.

Como é a rotina de um curso a distância?

A rotina EAD varia conforme a "entrega" das aulas. Em alguns cursos, todos os conteúdos são disponibilizadas no início do semestre e você pode acessá-los 24 horas por dia até o fim do período. Em outros, os conteúdos são liberados a cada uma ou duas semanas e você deve estudá-los nesse período.

Mesmo com essa diferença, as atribuições dos alunos são as mesmas:

  • assistir a todas as aulas do semestre;
  • participar dos debates nos fóruns online;
  • realizar os exercícios de cada aula;
  • produzir os trabalhos exigidos e entregá-los via plataforma de estudos;
  • fazer exames presenciais no campus ou polo de apoio;
  • realizar estágio supervisionado, caso a matriz curricular contemple essa atividade;
  • fazer o trabalho de conclusão de curso e apresentá-lo presencialmente.

Vale frisar que você deve realizar tudo isso dentro do prazo indicado no calendário acadêmico. Caso perca a data de entrega de uma tarefa que vale ponto, por exemplo, não é possível estender o prazo e a sua nota certamente será afetada.

A verdade é que você, futuro aluno da educação a distância, é quem decide a sua rotina de estudos. Isso acontece porque na EAD o professor não fica no seu pé cobrando presença ou entrega das atividades, como acontece nas aulas presenciais.

Em outras palavras, você é o único responsável pelo seu aprendizado e desempenho ao longo do curso. Portanto, deve estabelecer um cronograma para seguir à risca e garantir os equipamentos, competências e habilidades necessários para ter uma boa performance nos estudos.

O que é EAD

O que o estudante EAD precisa ter?

Não precisa de investir sua poupança em um supercomputador e uma conexão à internet ultraveloz! Você provavelmente já deve ter o equipamento básico necessário para assistir às aulas online.

Além disso, esses não são os únicos requisitos para ter sucesso estudando a distância. Você necessita desenvolver algumas competências e habilidades para impulsionar seu aprendizado.

Confira tudo o que você precisa garantir para os seus estudos:

Computador

Um computador desktop (ou um notebook) com memória de 2GB e espaço de armazenamento entre 320 e 500GB, por exemplo, é o suficiente.

Com uma máquina assim, você consegue acessar a plataforma de estudos e ter espaço para salvar os materiais didáticos e complementares.

Acesso à internet

Para estudar sem problemas, é necessário ter uma conexão estável à internet. Um plano básico de conexão banda larga de 5 MB, por exemplo, atende bem às necessidades do estudante EAD.

Conhecimentos básicos de informática

Computador e internet garantidos, você precisa saber usá-los para realizar algumas tarefas essenciais ao curso EAD. Confira quais são elas:

  • acessar a internet para realizar pesquisas e assistir às aulas online;
  • enviar e receber e-mails;
  • fazer o download de arquivos;
  • usar programas editores de texto, como LibreOffice, Google Docs ou Microsoft Word;
  • salvar arquivos no seu computador.

Esses são os conhecimentos elementares para conseguir acessar o ambiente virtual de aprendizagem e realizar as tarefas do seu curso de graduação.

Autorresponsabilidade

Como vimos, o aluno EAD é o único responsável por seu aprendizado e performance ao longo do curso. Isso quer dizer que as notas altas e demais sucessos nos estudos são resultados de suas ações. E as notas baixas, recuperações e demais contratempos acadêmicos que afetam seu aprendizado também são resultados do que fez ou deixou de fazer.

Portanto, para ter sucesso com a educação a distância é necessário entender o que é EAD e desenvolver autorresponsabilidade. Isto é, comandar sua vida acadêmica se responsabilizando pelas conquistas e fiascos, aprendendo com eles e agindo na hora certa e do jeito certo para ter um bom aproveitamento e conquistar seu diploma.

Autodisciplina

A autodisciplina deve ser a sua melhor amiga no mundo EAD. Se você não for disciplinado para assistir as aulas, revisar conteúdos e estudar para as avaliações, sua formação será prejudicada.

Portanto, resista àquela vontade de assistir a filmes ou séries que sempre aparece quando chega a hora de mergulhar nos estudos. Desenvolva autodisciplina para seguir o seu cronograma, transformar o estudo em um hábito e realizar as atividades do seu curso.

Automotivação

Você é uma pessoa que precisa ser lembrada por que é importante realizar determinadas atividades? Ou sabe como se motivar para estudar todos os dias — principalmente quando bate aquele desejo de ficar dormindo o dia inteiro?

Saiba que para ser bem sucedido na educação a distância, é necessário desenvolver e alimentar sua automotivação. Essa competência é importante porque faz você colocar a mão na massa, agindo em direção aos seus objetivos. Isto é, faz você estudar na hora certa e no momento certo sem enrolação.

Organização e Gestão do Tempo

Sabe aquela ideia de que “graduação a distância é molezinha”? Pode jogá-la para bem longe de você porque a faculdade EAD é tão exigente quanto um curso presencial.

Logo, você precisa se organizar e gerenciar o seu tempo corretamente para:

  • fazer as leituras e atividades propostas em cada disciplina;
  • não perder prazos e afetar seu rendimento;
  • conciliar estudos com trabalho, família, amigos e lazer;
  • estudar para as avaliações presenciais;
  • ampliar seu conhecimento por meio de pesquisas e atividades realizadas fora da sala de aula.

Precisa de um empurrão extra para isso? Lembre-se de que o cérebro necessita de tempo para compreender conceitos estudados e consolidá-los na memória.

Persistência

Ao iniciar uma graduação, você entra em um mundo novo repleto de desafios que exigem persistência para superá-los.

Mas o que é ser persistente nos estudos? É não desistir quando tiramos uma nota baixa ou  quando demoramos para entender um conceito específico, por exemplo. Em outras palavras, é não jogar a toalha quando as disciplinas são desafiadores e exigem bastante tempo de estudo e prática.

Mas fique atento para não confundir persistência e insistência, ok? Ser persistente é aprender com os erros e falhas, mudando as ações na próxima tentativa.  Ser insistente é fazer as mesmas coisas e esperar resultados diferentes.

Qual é o valor do diploma EAD?

Se você está preocupado com a validade do diploma EAD de nível superior, fique tranquilo: a validade é a mesma do curso presencial e a modalidade cursada não é revelada no diploma.

Mas, afinal, o que é mencionado neste documento? O seu título! Se você fez um Bacharelado em Administração, por exemplo, deve constar no diploma: “Bacharel em Administração”.

Vale frisar que, antes de efetuar sua matrícula em uma graduação EAD, é importante checar se o curso é reconhecido pelo MEC. Dessa forma, você tem a certeza sobre a validade do seu diploma e evita cair em armadilhas.

Sabendo disso, faça uma pesquisa pelo curso e Universidade desejados no sistema e-MEC — a base de dados oficial e única do Ministério da Educação sobre as Instituições de Ensino Superior do Brasil.

Como o mercado enxerga os formados em cursos EAD?

Com a dúvida sobre o diploma eliminada, precisamos falar sobre a entrada de profissionais formados em EAD no mercado de trabalho.

É verdade que, por um tempo, os empregadores olhavam torto para os candidatos que fizeram sua graduação a distância. Uma das justificativas usadas para isso era a “falta de vínculo” que se acreditava existir entre alunos e professores de educação a distância.

Muito desse preconceito vinha do fato de muitos não entenderem o que é EAD e seus benefícios para formar profissionais qualificados.

Mas esse olhar torto NÃO é mais uma realidade para os formados. Hoje, o mercado de trabalho valoriza a educação a distância.

Se você estava preocupado com essa questão, pode ficar tranquilo.

Dedicando-se aos estudos online, fazendo as leituras, atividades e estágios, trabalhando para desenvolver as competências e cultivando um relacionamento com colegas de turmas e professores, você chegará ao mercado de trabalho pronto para conquistar seu lugar.

Curioso para saber por que a EAD é cada vez mais valorizado? Confira os principais motivos desse reconhecimento:

Mais alunos matriculados na EAD

O primeiro está diretamente relacionado ao aumento do número de matrículas em graduação a distância.

Para você ter uma ideia desse crescimento, 528.320 alunos estudavam em um curso EAD em 2009 — segundo dados da ABED. Menos de dez anos depois, o número de alunos matriculados em uma graduação EAD era de mais 1,4 milhão em 2016 — de acordo com dados do MEC.

Reconhecimento dos benefícios gerados aos alunos e empregadores

O segundo motivo refere-se às vantagens que a educação a distância proporciona aos alunos e empregadores.

Para os alunos temos o desenvolvimento de habilidades e competências valiosas que já falamos neste post. Alunos oriundos da EAD chegam ao mercado bem mais preparados que muitos estudantes de uma faculdade presencial.

Já os empregadores que contratam profissionais graduados a distância notaram que vale a pena tê-los no quadro de funcionários. Segundo Jorge Martins, um gerente da consultoria Robert Half, quem se graduou a distância demonstra amadurecimento, boa gestão do tempo e capacidade de automotivação.

Ter colaboradores assim é extremamente proveitoso para qualquer empresário. Afinal, eles serão mais disciplinados, produtivos e proativos. Em outras palavras, quantos mais funcionários com esse perfil, mais rápido uma empresa pode crescer e aumentar a lucratividade.

Quais são as vantagens de um curso a distância?

Ainda na dúvida sobre o que é EAD e se realmente vale a pena estudar a distância? Então vem com a gente conferir os benefícios gerados por essa modalidade:

Menor custo

A primeira vantagem da educação a distância é financeira: os cursos custam menos que os presenciais.

Isso acontece principalmente porque a infraestrutura necessária para oferecer os cursos é menor. Logo, a Universidade não precisa incluir nas mensalidades os mesmos custos de um curso presencial.

Além disso, você não precisa gastar dinheiro com transporte público, alimentação na faculdade e xerox de material didático.

Flexibilidade de horários

Outro benefício de fazer uma graduação a distância é ter a liberdade para escolher os melhores horários de estudo. Isso significa que você poderá conciliar a sua vida acadêmica com a pessoal, familiar, social e profissional com mais facilidade.

Vale avisar que alguns cursos a distância com aulas ao vivo (transmitidas via teleconferência ou videoconferência) podem exigir a presença do aluno no polo de apoio presencial. Isso acontece especialmente em localidades do interior onde a internet ainda não chegou, como em alguns municípios do Amazonas.

Competências valorizadas pelo mercado

Lembra das competências e habilidades que vimos neste post: autodisciplina, automotivação, autorresponsabilidade, organização, gestão do tempo e persistência? Todas elas são valorizadas pelo mercado de trabalho!

Isso acontece porque profissionais disciplinados, motivados, responsáveis, organizados e persistentes são fazedores. Isto é, são pessoas proativas que:

Dedicando-se aos estudos, você certamente desenvolverá essas competências e habilidades tão desejadas por empregadores e chegará no mercado à frente de muitos profissionais.

Entendeu o que é EAD é como ela é uma modalidade vantajosa?

Aproveite a educação a distância para fazer uma graduação, adquirir novos conhecimentos, conquistar um diploma e ficar mais perto da sua independência financeira!

Agora que já está por dentro da educação a distância, que tal conferir as graduações EAD da Uniube, que você pode fazer direto da sua casa?

Escrito por Letícia, da Uniube