Letícia, da Uniube - out 25, 2018

Veja como um doutorado vai impulsionar sua carreira

Todos já sabem que o mercado de trabalho está, a cada dia, mais competitivo. Mas o que você pode fazer para ser um profissional diferenciado e ainda aumentar seu ganho em até 6x? O doutorado é a resposta para a questão.Poucas pessoas sabem que investir nessa modalidade de pós-graduação é uma das melhores formas de crescimento profissional.

Mas como começar um doutorado? É só para quem quer dar aula?

A seguir, vamos esclarecer essas e outras dúvidas, além de mostrar alguns segredos da pós-graduação. Acompanhe!

Afinal, o que é um doutorado?

Existem duas modalidades de pós-graduação: o lato sensu e o stricto sensu. Esses termos estão relacionados, respectivamente,  às especializações e MBAs e ao mestrado e doutorado.

Então, o doutorado é um tipo de pós-graduação, com duração média de 4 anos.  Ao final, do período, você precisa produzir uma tese e defendê-la para conseguir seu título.

O nível de aprofundamento das pesquisas é maior e a modalidade costuma exigir mais do aluno que um mestrado, especialização ou MBA.

Vale a pena investir em um doutorado?

O investimento em educação é sempre a melhor opção para manter sua carreira com sucesso. Como já adiantamos para você, um profissional que conclui o curso de doutorado ganha em média  R$ 13.000,00 por mês, o que é um salário bastante acima da média nacional.

Então, se você é uma pessoa que gosta de ler, de estudar e quer construir uma carreira profissional bem sucedida, o doutorado é uma excelente opção.

Como está o mercado de trabalho para quem faz doutorado?

Cheio de oportunidades!

Segundo uma pesquisa realizada pela consultoria Produtive, 68% dos executivos das regiões Sul e Sudeste já fizeram pelo menos uma pós-graduação do tipo especialização (lato sensu).

Ainda de acordo com o levantamento, os salários que possuem este tipo de formação aumentaram em torno de 12,4%, enquanto os profissionais com titulação de mestres e doutores tiveram um crescimento de cerca de 21,4%.

Ou seja, não restam dúvidas que o doutorado proporcionará um excelente retorno financeiro para você .

Como é o processo de seleção?

Você pode cursar o doutorado logo após a graduação. É isso mesmo!

Não é obrigatório que o candidato tenha feito um mestrado se, no momento da seleção, a Universidade considerar que o projeto de pesquisa do aluno seja de alta relevância.

O processo de seleção inclui análise do currículo, aprovação do projeto e entrevista. Alguns programas mais conceituados exigem, no mínimo, dois idiomas estrangeiros.

Como funciona o doutorado?

Assim como no mestrado, é necessário que você cumpra as disciplinas obrigatórias, geralmente no começo do curso. Após essa etapa, vem a parte mais puxada, que é a dedicação ao projeto de pesquisa e o desenvolvimento da tese.

O trabalho será submetido para a avaliação de uma banca examinadora. É importante ressaltar que toda tese deve apresentar uma discussão nova sob o objeto que está sendo analisado. Se aprovado, você recebe o título de doutor.

Doutorado - possibilidades

Consegui o título de doutor. E agora?

Agora que você já sabe como conseguir a titulação de doutor, separamos algumas das vantagens que poderá oferecer como profissional seja no mundo corporativo ou acadêmico.

Veja só:

Encare a Universidade como uma fonte de informações

As Universidades são lugares de grandes trocas. São fontes de saberes e inovações das mais diversas áreas. Isso permite que você se mantenha atualizado e dentro do ciclo de pessoas que têm o mesmo objetivo: crescer profissionalmente.

Vantagem competitiva

Muito se diz que não é necessário ter titulações para entrar no mercado de trabalho. Porém, manter-se em crescimento é um grande desafio que pode ficar mais fácil quando se tem titulações e conhecimentos agregados.

É importante pensar que, mais do que o título de doutor, você está ganhando conhecimento, em primeiro lugar. Essa sabedoria é cada dia mais valorizada nos mais altos cargos das empresas.

Reconhecimento

A chance de ser reconhecido e respeitado no ambiente profissional é muito maior quando se tem titulações.

Com o doutorado, você conhecerá um mundo de congressos, revistas científicas, artigos e encontros que permitirão a oportunidade de estar em contato com outros profissionais.

E como sabemos, a boa relação no mercado pode ajudar muito na hora de conseguir um emprego ou até mesmo ser promovido.

Facilitador e criador de soluções

Estar em contato com o meio acadêmico ajudará você a desenvolver seu senso crítico e oferecer melhores soluções no seu ambiente de trabalho.

A visão acadêmica, frequentemente, nos dá um olhar mais crítico sobre as coisas. Talvez este seja uma das maiores contribuições do doutorado: as capacidades argumentativa, questionadora e propositiva que são desenvolvidas em seus alunos.

Você pode se tornar um professor ou um palestrante

Se seu foco é a vida acadêmica, o doutorado é a melhor forma de alavancar seu sucesso profissional.

Além de seguir carreira nas Universidades, há outro caminho bastante promissor: a carreira de palestrante.

Hoje em dia muitas empresas contratam pessoas qualificadas para dar palestras. Além de ser uma forma de motivar seus funcionários e oferecer uma atividade diferente do convencional, essas atividades são tidas como bom investimento para o corpo de funcionários.

Outras atividades parecidas também rendem boas remunerações ao palestrante, como minicursos e workshops.

Quer saber mais sobre doutorado e outras informações sobre o mercado de trabalho?

Curta nossa página do Facebook e fique por dentro das principais novidades.

Escrito por Letícia, da Uniube