Letícia, da Uniube - abr 25, 2019

5 maneiras para conseguir renda extra na Universidade

A graduação é um período de muitas descobertas, mas também de adquirir algumas responsabilidades. O estudante começa a ganhar mais maturidade, porém percebe um aumento nas despesas. Assim, é preciso encontrar formas de conseguir renda extra e equilibrar o orçamento.

A boa notícia é que existem várias soluções para esse problema. Os conhecimentos adquiridos ao longo do curso de graduação já são suficientes para encontrar meios de aumentar seus ganhos e pagar as mensalidades.

Outras habilidades também podem ser bem úteis nesse momento, já que oferecem diferentes possibilidades para ter um reforço no orçamento.

Ao longo deste post, vamos apresentar 6 formas para você obter essa renda extra enquanto ainda está na Universidade. São ações que exigem diferentes competências e níveis de desenvoltura, muitas vezes aproveitando o ambiente online.

Acompanhe o texto, encontre aquela que é mais a sua cara e mãos à obra!

Como conseguir renda extra

1 - Tradução

É fluente em outro idioma? Você pode usar esse conhecimento para faturar uma renda extra, sem prejudicar a sua rotina de estudos. Os serviços de tradução são muito requisitados, especialmente no mercado editorial e no envio de documentos para outros países.

Mas você não precisa estar nesse nível para começar. Existe demanda relacionada a trabalhos acadêmicos e outros conteúdos mais simples, para empresas online. Esse tipo de trabalho é ideal para quem tem bom domínio do português e de outro idioma.

Existem plataformas freelancer voltadas para este serviço, mas você também pode fazer uma divulgação corpo a corpo com colegas. As redes sociais também são de grande ajuda na hora de construir uma rede de contatos e conseguir mais oportunidades de tradução.

Além da possibilidade de obter renda extra, realizar esse tipo de serviço é importante para desenvolver um portfólio e ampliar seu conhecimento de outros idiomas, o que é muito valorizado pelo mercado de trabalho.

2 - Criação de um blog

Os blogs continuam sendo uma boa opção para quem quer ser visto online. Escolha um tema do seu interesse e comece a produzir conteúdo — sempre tem alguém disposto a consumir informações por essa plataforma.

Mas de onde vem o dinheiro?

Com um volume razoável de acessos, dá para faturar uma renda extra com o uso do Google AdSense, que veicula aquelas propagandas que vemos na maioria dos sites que acessamos. A remuneração varia de acordo com a quantidade de cliques.

3 - Vídeos no Youtube

Se você tem mais desenvoltura na frente das câmeras e já dominou algumas habilidades de edição, a bola da vez são os vlogs no Youtube. A ideia é a mesma de um blog: produzir conteúdo a partir do seu interesse e lucrar com o número de visualizações no seu canal.

A comunidade youtuber no Brasil é gigantesca, atingindo mais de 95% da população online.

A forma de remuneração é a mesma do AdSense. No caso do Youtube, porém, você não precisa se preocupar em colocar os anúncios na página. O Google cuida dessa parte automaticamente.

A produção de vídeos também pode ser direcionada para vários nichos.

Tem facilidade com alguma disciplina do Ensino Médio? Realizar uma websérie, com os principais conteúdos que são cobrados no Enem, é uma boa estratégia para atingir um grande número de usuários.

Seus hobbies também podem servir de base para a criação de um canal. Aproveite a propriedade que você tem para tratar de certos temas e crie conteúdos de qualidade.

A quantidade de influenciadores digitais que surgiram nos últimos anos é o melhor indício de que essa atividade pode se tornar uma boa fonte de renda extra.

4 - Pet-sit e andador de cachorro

Se você tem facilidade em lidar com animais, pode fazer disso uma forma de conseguir renda extra. Enquanto o tutor trabalha ou faz uma viagem, você fica responsável por tomar conta do pet.

O serviço costuma ser prestado de duas maneiras. Você pode visitar a casa do cliente periodicamente, dependendo da espécie e dos cuidados necessários, ou o animal fica hospedado em sua casa pelo tempo acordado. Essa última opção é ideal para quem tem espaço extra na residência.

Se receber um animal em casa não é possível, ou o tempo disponível para a tarefa não é o bastante para visitar o cliente, uma alternativa de renda extra pode ser o trabalho como andador de cachorros.

Muito conhecida pelo nome inglês —  dog walker — a atividade permite que você reúna vários animais para passear de uma só vez.

A internet pode ser o lugar para você dar os primeiros passos nesses serviços. Aplicativos como o DogHero dão acesso a uma plataforma que conecta interessados em cuidar dos bichinhos com pessoas que precisam desse serviço.

 

Renda extra- pet

5 - Brechó para revenda

Se você se destaca pelo bom gosto e “faro” para pechinchas, o comércio online é uma boa oportunidade para alcançar uma renda extra.

São diversas as plataformas para garimpar bons itens a preços baixos, e depois repassar com algum acréscimo para o público que não tem essa mesma habilidade de pesquisa aprofundada.

Novamente, as redes sociais são de muita ajuda. Basta criar e divulgar um perfil específico para a atividade. Você não precisa criar uma loja online — embora a ideia também seja interessante e simples de ser implementada.

Além da exibição e divulgação das peças, o ambiente digital oferece outras facilidades para quem comercializa produtos de todos os tipos.

Existem diversas plataformas para realizar os pagamentos online, com segurança e agilidade.

Aplicativos de entrega também podem ser de grande ajuda para seu negócio, já que eles fazem com que as mercadorias cheguem cada vez mais rápido para os clientes.

Renda extra sem muita complicação

Aumentar o dinheiro do mês é uma necessidade da maioria dos brasileiros. Com tempo limitado e gastos que crescem cada vez mais, o estudante de graduação deve buscar meios para conseguir renda extra e equilibrar as contas.

As opções deste post são um bom ponto de partida para esse objetivo. Mas a criatividade também é essencial. Empreendedores de sucesso começam sempre com uma boa ideia, e um trabalho paralelo pode até modificar o seu objetivo profissional.

Se curtiu essas dicas, fique ligado nas páginas de Facebook e Instagram da Uniube.

Você vai conferir mais flashes e conteúdos interessantes para descomplicar sua vida de universitário!

Escrito por Letícia, da Uniube