Letícia, da Uniube - mai 10, 2019

Redação do Enem: veja como se preparar

A redação do Enem costuma ser uma das partes mais temidas pelos candidatos que realizam o exame. Afinal de contas, tirar uma nota alta na prova exige bastante dedicação, conhecimento, prática de escrita, senso crítico e poder de argumentação.

Em 2018, dos mais de 4 milhões de candidatos que fizeram o Enem, apenas 55 tiraram a nota máxima na prova de redação. Esse dado mostra que boa parte dos estudantes ainda enfrenta dificuldades quando se trata da construção de textos.

Se você deseja se sair bem na prova, comece a se preparar o quanto antes! Além de contar com um plano de estudos para o Enem, vale a pena reservar um tempo do seu dia para entender melhor essa parte do exame e o que você precisa fazer para tirar uma boa nota.

Neste post, vamos mostrar 7 dicas para arrasar na redação do Enem. Acompanhe!

Como é a redação do Enem?

O dia do Enem é muito esperado pelos estudantes que desejam ingressar na Universidade. E a redação costuma ser uma das etapas mais desafiadoras do exame.

Para que ela não se torne um obstáculo para o ingresso no Ensino Superior, conhecer a prova e as competências avaliadas é o primeiro passo.

A partir de uma situação-problema, ou seja, uma questão social, política ou cultural, os candidatos devem redigir um texto dissertativo-argumentativo de até 30 linhas. A redação do Enem deve conter argumentos consistentes para a defesa de sua opinião sobre o tema proposto.

Na sequência, mostraremos alguns pontos importantes da prova.

1. Domínio da norma padrão

Os candidatos devem mostrar que conhecem as características da norma culta da língua. Isto é, precisam respeitar as regras ortográficas, gramaticais, de concordância, colocação pronominal e coerência.

2. Compreensão da proposta

A compreensão da proposta de redação envolve a aplicação de conhecimentos das diversas áreas estudadas pelos candidatos. Portanto, é importante que eles saibam se posicionar sobre um série de assuntos para terem mais chances de desenvolver bem o tema da prova.

3. Relacionar, selecionar, organizar e interpretar

Tais verbos regem essa competência, que busca avaliar a capacidade do candidato de defender um ponto de vista. É necessário usar dados e opiniões apresentados na proposta para desenvolver os próprios argumentos.

4. Conhecimento dos mecanismos de construção da argumentação

Os candidatos também precisam conhecer a estrutura de um texto argumentativo. Portanto, além de utilizar a norma culta da língua, eles devem seguir a devida estrutura: introdução, desenvolvimento e conclusão.

5. Proposta de intervenção para o problema

Mais do que defender uma opinião, a redação do Enem avalia o senso crítico e a consciência dos candidatos enquanto cidadãos. Sendo assim, a proposta de intervenção deve, acima de tudo, respeitar os direitos humanos e a diversidade da população.

Confira as dicas para se preparar para a prova de redação do Enem

Embora não seja fácil tirar a nota máxima na prova de redação, saiba que não é algo impossível. Além de conhecer bem a prova, um bom começo é escrever e ler bastante.

Além dos passos para se dar bem nas outras partes do exame, há, também, algumas sugestões valiosas para quem deseja ter sucesso na redação do Enem.

1. Mantenha-se atualizado

Tendo em mente que o tema da redação do Enem tem caráter político, cultural ou social, os candidatos precisam acompanhar os principais acontecimentos do Brasil e do mundo. Separe um momento do dia para ler as notícias e refletir sobre os eventos que estão em evidência.

Redação do Enem - notícias

2. Consulte diferentes opiniões

Para conseguir desenvolver uma boa argumentação, conhecer posicionamentos diversos sobre um mesmo tema é crucial. Portanto, tente criar o hábito de ler artigos de opinião. Isso ajuda a construir um bom repertório e desenvolver a capacidade argumentativa.

3. Consulte as provas anteriores

Busque as propostas de redação do Enem dos anos anteriores para entender melhor o formato da prova. Você não precisa necessariamente escrever uma redação completa. Mas saber planejar o texto e listar os argumentos são habilidades importantes para o dia do exame.

4. Leia redações que receberam nota máxima

Ler os textos que tiraram nota mil na prova de redação do Enem é uma excelente maneira de se familiarizar com as exigências. A partir deles, você consegue entender como os candidatos estruturaram a redação e apresentaram seus argumentos.

5. Escreva regularmente

Quando se trata da escrita, a prática é fundamental para desenvolver as habilidades necessárias. Por isso, tente incluir a escrita na sua rotina, nem que seja para redigir um ou dois parágrafos.

Com o tempo, essa atividade se tornará cada vez mais fácil e interligar os trechos da redação não será mais um grande desafio.

6. Não use o corretor ortográfico

Hoje a maioria das pessoas tem o hábito de escrever no computador ou celular e acabam utilizando o corretor ortográfico. No entanto, embora pareça útil, o uso corriqueiro desse recurso pode prejudicar os candidatos.

Afinal, ao fazer correções de modo automático, corremos o risco de ser induzidos ao erro ou deixar de aprender uma regra importante da língua.

7. Aprenda o que você não sabe

Ao redigir um texto, é normal que muitas dúvidas comecem a surgir. Se o objetivo é se sair bem na redação do Enem, jamais deixe tais questionamentos sem respostas. Assim, para escrever melhor, consulte um dicionário ou, sempre que for preciso, faça uma pesquisa na internet.

A preparação é a chave do sucesso na redação do Enem

Apesar de ser algo desafiador na vida dos estudantes, se sair bem na redação do Enem não é uma tarefa impossível para quem está preparado. E, claro, não deixe para começar os estudos em cima da hora, pois você deve ter notado que é preciso se dedicar um pouquinho todos os dias.

Coloque as dicas apresentadas aqui em prática, estabeleça uma rotina de estudos e não deixe a disciplina de lado durante todo o ano.

Aos poucos, a escrita se tornará mais natural e você não terá mais tantas dificuldades para organizar os seus argumentos em forma de texto!

Que tal acompanhar outras dicas de preparação para o Enem? Siga a Uniube no Facebook e no Instagram!

Escrito por Letícia, da Uniube