Letícia, da Uniube - jun 17, 2022

7 motivos para estudar medicina

A Medicina é uma das carreiras mais tradicionais e respeitadas do país. A área encanta diversos estudantes, ano após ano, devido à nobreza da profissão e à grande empregabilidade.

 Ter um médico entre os entes queridos é o sonho de muitas famílias. Muitas vezes, a vontade de trilhar esse caminho é passada de uma geração para a outra. 

 Se, por um lado, é preciso determinação para conquistar uma vaga nas melhores Universidades, por outro, há grandes chances de sucesso profissional após a conclusão  da graduação.

 Se você tem dúvidas sobre o curso, acompanhe o texto e conheça as vantagens de estudar Medicina!

Qual o perfil do estudante de Medicina?

Talvez você já tenha se feito essa pergunta várias vezes. Entender qual é o perfil do futuro médico é essencial para evitar frustrações.

 O graduando em Medicina é, antes de mais nada, apaixonado pela área da Saúde. Geralmente, são pessoas com grande afinidade com Biologia e Química.

 Esta é a profissão ideal para quem gosta muito de ler, se interessa por pesquisas e tem sede de conhecimento.

 É preciso determinação para concluir o curso. Dedicar-se, no mínimo, durante 8 anos para conquistar a formação pode ser desgastante à primeira vista. Porém, o esforço oferece grande recompensa após o término.

medicina

 Essa não é uma carreira para quem está pensando apenas no retorno financeiro.

 Apesar da real possibilidade de estabilidade financeira que acompanha a profissão, trata-se de uma área que exige grande dedicação e facilidade de se relacionar com as pessoas. 

 Normalmente, o médico tem grande senso de justiça, ética e ama cuidar do bem-estar dos outros. Além disso, é dotado de inteligência emocional, para lidar com a pressão e os desafios da rotina de trabalho. 

Por que devo estudar Medicina?

 Agora que você já entendeu qual é o perfil do graduando em Medicina, vamos listar 7 motivos para se formar na área. 

1. Grande empregabilidade
Estamos longe de viver um cenário de saturação de vagas na Medicina. Existem inúmeras vertentes de atuação.

Você pode, por exemplo, abrir seu próprio consultório; trabalhar em hospitais e laboratórios; apoiar os setores de Recursos Humanos com ações de Medicina do Trabalho; ou seguir carreira em instituições públicas.

O importante é dizer que as chances de não construir uma carreira sólida após o final do curso são mínimas.

De acordo com dados do último Censo Médico, divulgado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) em 2018, o Brasil ainda sofre com a escassez desses profissionais, principalmente no interior do país. 

A média nacional é de 2,18 médicos para cada grupo de mil habitantes. Porém, ainda há uma distribuição desigual pelo território nacional. Nas regiões Norte e Nordeste, os índices estão abaixo da média do restante do Brasil: 1,16 e 1,41, respectivamente. 

Fica claro, então, que existem inúmeros postos vagos. Principalmente para quem quer fugir das grandes áreas de concentração de profissionais e morar no interior, onde há menor concorrência. 

2. Recompensa emocional

Dificilmente você encontrará uma carreira com tanta recompensa emocional. Mesmo que lidar com a perda de um paciente possa ser desafiador, a sensação de salvar vidas é gratificante. 

Muitos médicos acreditam que a satisfação em dar alta a uma pessoa ou, simplesmente, contribuir para o seu bem-estar, é um dos fatores mais motivadores da profissão. 

Se o seu propósito de vida é cuidar do próximo, a Medicina é o curso ideal para você alcançar sua realização profissional. medicina-uniube

3. Diversas áreas de atuação

Ao final do curso, você terá que escolher em qual especialidade deseja atuar. Uma pesquisa feita pelo Conselho Federal de Medicina aponta que 6 em cada 10 médicos no Brasil possuem especialização. 

A gama de especialidades é grande. Por isso, não faltarão oportunidades para trabalhar. Conheça algumas opções:

  • Cirurgia Geral.
  • Clínica Médica.
  • Medicina da Família.
  • Ginecologia e Obstetrícia.

 Cada uma delas exige um tempo específico para a conquista da titulação.

A sua área de interesse, provavelmente, será descoberta durante a graduação de Medicina, à medida que você tiver mais contato com todas as disciplinas e se encantar por alguma delas. 

4) Empatia pelo próximo

Ser médico é ajudar as pessoas no reencontro do bem-estar físico e emocional. Portanto, ter empatia pelos outros é requisito fundamental.

 Antes de diagnosticar e tratar  doenças, esse profissional é, por essência, um bom ouvinte.

Cabe a ele conversar com os seus pacientes para entender suas queixas e fazer com que eles se sintam acolhidos em um momento delicado. 

O vínculo de confiança entre médico e paciente é um fator decisivo na carreira. É comum encontrar pessoas que procuram o mesmo especialista durante anos, devido à relação de segurança estabelecida. 

Se você tem paixão por cuidar de pessoas e capacidade de investigar o que está por trás de um problema, a Medicina é a sua carreira dos sonhos.

5. Flexibilidade de trabalho

Tenha em mente que ser médico implica não ter uma rotina de trabalho predefinida. 

Se por um lado, os plantões podem parecer assustadores, por outro, eles permitirão que você atue em uma área com flexibilidade de horários.

Esse é o caminho ideal para quem não gosta de rotina e quer moldar seu expediente sem a rigidez do horário comercial.

 6. Desenvolvimento da inteligência emocional

 A Medicina é uma carreira que exige grande controle emocional para lidar com a pressão do dia a dia.

 Cursar esta graduação envolve desenvolver sua capacidade de lidar com cenários imprevisíveis. Um médico aprende a nunca desistir de encontrar uma solução para os problemas dos pacientes. 

 O grande aprendizado proporcionado pela rotina intensa fará você crescer, como pessoa e como profissional. 

 Os desafios da jornada diária vão contribuir muito para o seu desenvolvimento e proporcionarão a  sensação de estar contribuindo para a sociedade.

7. Aprendizado infinito

 As pesquisas científicas nessa área não param. Ainda há muito para se descobrir sobre o corpo humano e vários tipos de doenças.

 A Medicina é um campo de estudo que oferece chance de aprendizado contínuo. 

 Cada novo paciente recebido em seu consultório é um universo particular, que exigirá estudo clínico e poderá fazer com que você entenda mais sobre a profissão. 

 Se você está em busca de aprendizado constante, essa é a carreira ideal! 

 Quer saber mais sobre o curso? Acesse a página e descubra tudo sobre a graduação em Medicina da Uniube.

Opa! Quero medicina

 

 

Escrito por Letícia, da Uniube