Letícia, da Uniube - out 25, 2018

5 dicas para quem precisa trabalhar e estudar

Sim, a gente sabe que não é nada fácil trabalhar e estudar ao mesmo tempo, e ainda conciliar essa rotina com a vida social. Concordamos também quando você pensa que seria muito mais simples se dedicar apenas aos estudos.

 

Apesar desse cotidiano caótico, saiba que trabalhar e estudar pode trazer muito mais vantagens do que você imagina.

O mercado de trabalho está de olho em profissionais com habilidades para além do currículo acadêmico. A procura maior tem sido por pessoas aptas a resolver problemas reais e que sejam cada vez mais proativas e produtivas.

E, adivinhe só: sem perceber, essas são habilidades que você adquire ao longo do tempo quando une ambas as atividades.

Ainda parece impossível unir as duas rotinas?

Veja, a seguir, 5 dicas para você dividir seu tempo entre aulas, trabalho e descanso.

Boa leitura!

1 - É preciso organizar toda sua rotina

A nova rotina envolve disciplina com os horários, mas isso não deve causar espanto.

Você vai perceber que, ao dividir seu tempo para todas as tarefas do dia, se tornará uma pessoa mais organizada e ainda encontrará um tempo para descansar.

Tire um dia tranquilo na semana, talvez o domingo, e liste todas as atividades que você precisa fazer. As tarefas e trabalhos que precisa apresentar, além de detalhes como eventos, consultas médicas, reuniões. Depois de anotar tudo, organize os horários do seu dia para a realização de todas as tarefas.

Vale a pena investir em uma agenda, ou em ferramentas virtuais — como o Trello — para organizar seu tempo de acordo com as tarefas diárias.

Registre, também, os momentos para curtir com a família e os amigos e os horários, além dos horários de descanso, que são fundamentais para o seu rendimento no trabalho e na Universidade.

2 - A hora do descanso é sagrada!

Suas horas de sono não podem ser sacrificadas. Trabalhar e estudar não é uma rotina fácil, por isso é preciso ter a mente descansada para dar conta de todas as tarefas.

É bem comum ver estudantes passando noites em claro, com a justificativa de “estudar mais” ou “colocar as atividades em dia”.

Sacrificar noites de sono prejudica o rendimento diário. Você ficará cada vez mais cansado e não absorverá nenhum aprendizado.

Tente dormir 8 horas por noite. Auxilie essa prática com exercícios físicos e uma alimentação saudável. Reserve, também, algumas horas para o lazer.

3 - Não se esqueça do networking

Networking nada mais é do que os contatos e relacionamentos criados ao longo das atividades diárias.

Manter contato com colegas da faculdade, além de estimular seu desempenho acadêmico, pode ser bastante útil naqueles momentos de aperto.  Por exemplo, quando você precisar se ausentar em algum dia e necessitar recuperar o conteúdo perdido, ou até mesmo, na hora de formar grupos de exercícios.

No trabalho, isso não muda muito. Manter contato com colegas pode ser bem útil para suas futuras pretensões. Quem conhece suas habilidades e competências profissionais pode ajudar a tornar seu nome conhecido e recomendar você para uma oportunidade de emprego.

Trabalhar e estudar - tecnologia

4 - Use da tecnologia a seu favor

Foi-se o tempo em que caderno e caneta eram os principais instrumentos de aprendizado!

Você pode usar a tecnologia para agilizar tarefas e poupar tempo para todas as atividades do seu cronograma.

Na faculdade, celulares, notebooks, tablets são seus aliados na hora de documentar o conteúdo das aulas de forma mais ágil, até mesmo para fazer pesquisas e complementar o aprendizado.

Alguns aplicativos contribuem para essas atividades. O Evernote, por exemplo, é uma espécie de bloco de notas que você pode dividir por categorias, tópicos e organizar cada conteúdo por matéria. O Trello, como comentamos na dica #1, também possibilita a marcação das datas dos trabalhos, a divisão de tarefas para atividades em grupo e muito mais.

Mas nada de dispersar a atenção!

A gente sabe que a aba das redes sociais está logo ali do lado, mas você precisa manter o foco na atividade desempenhada naquele momento.

5 - A EAD pode ser a solução para trabalhar e estudar ao mesmo tempo

Você já deve ter ouvido falar na educação a distância (EAD), mas provavelmente nunca cogitou essa prática na sua rotina.

Essa é uma modalidade de estudo que vem crescendo muito nos últimos anos (cerca de 7,2%, de acordo com Censo da Educação Superior 2016), principalmente, devido à flexibilidade que oferece aos alunos.

Com a EAD, o estudante pode organizar o tempo de estudo de acordo com as rotinas de trabalho e de casa. As aulas são virtuais e todo material que ele precisa está disponível online: apostilas, livros e vídeos, tudo em um único espaço.

Isso sem mencionar a economia de tempo, já que não há deslocamento até a Universidade. É só ligar o computador, o celular, o tablet e pronto: estudar!

É possível aprender na hora do almoço, no deslocamento do trabalho até em casa, 24 horas no dia, 7 dias por semana. O aluno é quem faz seus horários. E se pintar alguma dúvida, o contato com os professores é bem simplificado e ágil, feito pela própria plataforma de estudo.

Claro que não poderíamos deixar de comentar que há uma insegurança dos alunos em relação à empregabilidade.

Não vamos negar, quando a EAD surgiu ela foi tabu em muitas empresas, mas esse quadro está mudando. As empresas cada vez mais estão reconhecendo as habilidades e os conhecimentos adquiridos pelo aluno da educação a distância.

Viu como é possível trabalhar e estudar ao mesmo tempo?

Você ainda pode optar por modalidades de estudos que trazem mais liberdade e flexibilidade na hora de planejar a rotina. Uma graduação EAD é ideal para você conciliar todas os afazeres do seu dia a dia!

Por isso, não deixe de conhecer os cursos a distância que a Uniube oferece.

Escrito por Letícia, da Uniube