Letícia, da Uniube - jan 24, 2019

5 dicas para montar um ambiente de estudos perfeito

Muitos fatores contribuem para o sucesso na preparação para uma prova ou um bom desempenho na Universidade. Concentração, produtividade, dedicação e acesso a um conteúdo de qualidade estão entre eles. No entanto, muita gente deixa de lado algo que também é essencial: o ambiente de estudos.

Um local bem configurado é primordial para garantir que as horas de dedicação aos livros e apostilas sejam agradáveis e eficientes. E, para isso, não é preciso construir um novo cômodo na casa ou realizar uma grande reforma. Algumas mudanças pontuais já são suficientes.

Quer saber mais? Acompanhe este texto e confira 5 dicas para montar o ambiente de estudos ideal para você. Confira!

Dicas para organizar o ambiente de estudos

 

1. Comece separando os materiais de estudo

Assim como toda fábrica precisa de insumos para produzir, a tarefa de estudar também exige material de qualidade, que esteja disponível a qualquer momento.

Os objetos devem ser escolhidos com bastante calma e cuidado, para que você adquira itens que realmente vão contribuir com seu rendimento. Portanto, o primeiro passo é elaborar uma lista dos utensílios que você vai precisar.

Considere adquirir canetas esferográficas pretas e azuis, que são as cores mais básicas. Canetas de outras tonalidades também podem ser utilizadas para categorizar as anotações, assim como o marca-texto, que é fundamental para destacar as partes essenciais de uma apostila ou livro.

Outro item importante da lista é o caderno, que pode ser dividido pelas matérias. Ele será destinado para anotações gerais, rascunhos e exercícios. 

Se você preferir, pode optar por um bloco de anotações no celular ou notebook. 

Ainda é possível usar um tablet ou computador, para compor uma espécie de biblioteca digital, que terá a função de armazenar livros e referências externas aos conteúdos que estão sendo estudados.

2. Organize seus materiais

Com os materiais de estudo comprados ou separados, é o momento de organizá-los no ambiente de estudos.

Primeiro você vai precisar de uma estante. Dependendo do espaço disponível, as prateleiras podem ser mais altas ou mais largas. Existem diversos tipos de móveis, que podem ser bem interessantes para otimizar o local.

Outras soluções de armazenamento dos objetos também podem ser pensadas. Por exemplo, usar uma sapateira para organizar canetas, cadernetas e outros itens menores. A instalação é simples e ela pode ser fixada em vários pontos: na parede, dentro do armário ou atrás da porta.

Independente do suporte que vai abrigar seu material, é importante mantê-lo organizado. Separe tudo em categorias. Por exemplo, livros do mesmo assunto devem ser alocados juntos. Caso você guarde o material na estante, deixe os títulos dos livros e apostilas à mostra.

3. Providencie mesa e cadeira adequadas

Certamente, você deve conhecer alguém que tem o hábito de estudar deitado na cama ou no sofá. Fazer isso não é recomendado, já que esses móveis não são adequados para quem precisa passar por longas horas de leitura.

Sendo assim, é preciso providenciar uma mesa específica para uma rotina de estudos. No caso da mesa, recomenda-se que ela tenha a altura ideal para você apoiar os braços, sem forçar a região do pescoço.

Ou seja, uma posição em que você consiga fazer anotações em seu caderno, celular ou notebook, de forma confortável, sem deixar a coluna cervical demasiadamente inclinada.

Ambiente de estudos - cadeira e mesa

Além de uma mesa adequada, a cadeira também é indispensável. Quem nunca teve uma dor nas costas e uma sensação de desconforto quando estava sentado de forma inapropriada? Isso atrapalha o foco e a disposição para estudar.

Portanto, escolha uma cadeira que tenha regulagem de altura. Isso faz com que você se posicione de acordo com as dimensões da mesa, evitando dores e mal-estar. Também é preciso que ela tenha encosto móvel e acolchoado, para que seja ajustada de acordo com a curvatura da sua coluna.

Hoje em dia, existem lojas de móveis planejados que atendem a qualquer tipo de demanda. É possível adaptá-los ao tamanho do seu corpo e ao espaço disponível no cômodo. Inclua objetos desse tipo em seu planejamento financeiro e tenha bons momentos de estudos!

4. Cuide da iluminação

Muitas pessoas acreditam que ter uma cadeira confortável e uma mesa resistente já é suficiente para um ambiente de estudos. Mas há um detalhe que pode fazer toda a diferença: a iluminação. Ela ajuda a conservar a sua visão e pode trazer um aspecto mais agradável ao ambiente.

O primeiro passo para garantir uma boa iluminação é apostar na luz natural. Por exemplo, opte por colocar a mesa de estudos próxima à janela. Assim você aproveita melhor a claridade do dia e economiza energia elétrica.

Também vale a pena providenciar uma luminária simples. Mesmo que a lâmpada do cômodo seja potente, você vai precisar de uma luz mais intensa, principalmente durante a noite. Aposte em uma boa luminária e fique longe de cansaço, dor de cabeça e falta de concentração, que podem ser causados por uma iluminação inadequada.

5. Não se esqueça de objetos acessórios

Além de materiais de estudos — como apostilas, livros e móveis —, outros tipos de objetos também precisam estar presentes no ambiente de estudos ideal.

É o caso do quadro de estudos. Nele, você pode escrever fórmulas, palavras-chave e metas de desempenho para a semana. Assim, você evita de ficar consultando livros a todo momento, o que pode causar desgaste e tirar sua concentração.

Outra alternativa para não esquecer de conceitos, datas e compromissos importantes é o uso de blocos de notas, que podem ser usados para anotações de lembretes e informações centrais.

Essas foram algumas dicas para a montagem de um ambiente de estudos. Agora que você sabe preparar um lugar ideal para se dedicar aos estudos, foque na sua graduação e tenha um bom rendimento!

Se você ainda não está fazendo uma graduação, que tal conhecer algumas graduações promissoras.

Existem ao menos 8 cursos EAD que estarão em alta nos próximos anos

Todos podem ser feitos na comodidade da sua casa e na hora que você achar mais conveniente. Estude, profissionalize-se e aumente suas oportunidades no mercado de trabalho!

E aí, gostou das dicas? Navegue pelo nosso site, saiba mais sobre a Uniube e fique por dentro do que acontece na Universidade.

Escrito por Letícia, da Uniube