Letícia, da Uniube - dez 5, 2018

Saiba como escolher uma especialização

O mercado de trabalho é cada dia mais concorrido e exigente. Apenas um diploma do Ensino Superior não é mais suficiente para garantir um bom posto ou uma progressão na carreira nos anos seguintes. É nesse ponto que um curso de especialização passa a ser necessário.

Porém, existem muitos passos entre cogitar e efetivamente se matricular em um curso do tipo. O profissional pode chegar a esse estágio já com uma ideia clara do curso em que deseja se matricular. Em outros casos, no entanto, ele ainda precisa considerar qual das muitas opções disponíveis será a mais adequada para sua carreira.

Sabendo que escolher uma pós-graduação pode ser uma tarefa difícil, vamos mostrar como você pode tomar a melhor decisão possível. Para isso, o mais adequado é fazer uma reflexão inicial: o quanto você sabe sobre especializações?

O que é especialização?

A especialização é um curso de pós-graduação, voltado, portanto, para quem já tem um diploma de Ensino Superior. O objetivo é informar, atualizar e capacitar o profissional que já está no mercado de trabalho, com conteúdos que vão além dos abordados durante a graduação.

Cada curso tem um foco mais restrito do que o dado em um bacharelado, licenciatura ou tecnólogo. Dessa forma, é possível aprender conhecimentos técnicos mais específicos sobre um determinado tema.

O Ministério da Educação exige carga horária mínima de 360 horas-aula para reconhecer uma especialização. Cada Universidade pode definir como distribuir essas aulas na extensão do curso: a duração média é de um a dois anos. Ao final, o aluno deve desenvolver um trabalho de conclusão de curso, em geral, no formato de monografia.

Especialização x pós-graduação stricto sensu

A pós-graduação se divide em dois tipos. As especializações formam o conjunto da pós-graduação lato sensu, enquanto mestrado e doutorado respondem pela pós stricto sensu. O que isso significa?

A principal diferença está nas prioridades de cada modalidade. O caminho da pós-graduação stricto sensu é mais indicado para quem pretende se dedicar à pesquisa e formação científica, em resumo, quem deseja se tornar pesquisador ou professor universitário. Cursos dessa natureza também têm grande valor no mundo corporativo: as empresas vêm buscando cada vez mais por mestres e doutores.

Já a especialização, como foi dito, tem uma relação mais direta com o mercado de trabalho. Em alguns casos, o curso pode incluir até mesmo algumas aulas práticas, complementando a teoria discutida. Os trabalhos desenvolvidos também têm a preocupação de fazer o aluno colocar a mão na massa, em vez de se concentrar apenas nos textos.

 

Dicas para escolher um curso de especialização

É nesse cenário que você precisa se decidir por uma especialização. Com tantas opções disponíveis, pode parecer um pouco complicado, a princípio. Mas temos algumas dicas para ajudar você nesse processo.

  • Defina seus objetivos: o primeiro passo é entender por que você deseja fazer uma especialização. Melhorar seu currículo para conseguir uma promoção? Aprender uma habilidade diferente dentro da sua área? Ou mudar para uma área bem diferente? Esse motivo será seu guia na hora de bater o martelo.
  • Conheça o mercado da área: como o objetivo é melhorar suas possibilidades no mercado, o ideal é ter uma visão do que é valorizado no dia a dia da profissão. Assim você não corre o risco de optar por uma especialização que pouco irá acrescentar a seu perfil profissional.
  • Identifique custos e horários: a especialização dos sonhos é também aquela que combina com suas possibilidades — financeiras e de tempo. Conciliar a especialização com sua rotina de trabalho é uma das chaves para maximizar o aprendizado.
  • Confira se o curso é chancelado pelo MEC: um detalhe fundamental é o reconhecimento do curso pelo Ministério da Educação (MEC). Além de atestar a qualidade do ensino, é um passo importante para saber como o certificado é reconhecido no mercado.
  • Informe-se sobre a estrutura da instituição: outro ponto que indica a qualidade do curso é a estrutura disponível para os alunos. Não só a estrutura da sala de aula, mas também instalações e serviços que dão suporte aos estudantes, como bibliotecas, por exemplo.
  • Peça indicações: outra forma de se orientar sobre o curso desejado é perguntar a conhecidos ou outros contatos profissionais o que eles conhecem sobre a instituição.
  • Pesquise a qualificação dos docentes: assim como todo curso, a qualidade dos professores é decisiva para o aprendizado. Antes de se matricular, vale a pena conhecer o currículo de todos eles. A plataforma Lattes é um bom ponto de partida.
  • Verifique a grade curricular: da mesma forma, os conteúdos ministrados são chave para entender o que o curso pode proporcionar. Um detalhe bem importante para checar antes de tomar a decisão final.

Vantagens de fazer uma especialização

Agora que você já sabe como escolher, ficou muito mais fácil, não é mesmo? Para reforçar a sua escolha, vamos repassar as principais vantagens de ter um curso como esse em seu currículo.

  • Empregabilidade: a primeira, e mais óbvia, é ter mais conhecimento agregado. Seu currículo fica mais atraente aos olhos de recrutadores, além de aumentar suas opções no mercado.
  • Networking: outra boa vantagem é a possibilidade de conhecer novos profissionais com objetivos similares, oportunidade perfeita para estabelecer mais contatos.
  • Troca de experiências: essa chance de aumentar o networking é um dos destaques da especialização, mas as aulas também são ocasiões de trocas importantes. Não só o professor  tem conhecimento a transmitir; as experiências dos colegas de turma também agregam bastante ao seu aprendizado.
  • Investigar mudança de área: a especialização é também uma chance de sondar uma segunda área de interesse, especialmente se você estiver interessado em uma mudança de ares. O tempo comprometido é menor do que o de uma nova graduação, além de já começar com conteúdos um pouco mais avançados.

Seu futuro pode estar aqui!

Cursar uma especialização pode ser um esforço extra dentro de uma rotina tão apertada, mas os benefícios mais do que compensam esse sacrifício. Não só no mundo profissional, estar aberto a novas experiências e conhecimentos também é um indicador de crescimento pessoal.

E você pode colocar à prova, agora mesmo, todas as dicas que acabamos de passar! A Uniube oferece dezenas de especializações, nas modalidades presencial e EAD, em diferentes áreas. É uma oportunidade de ouro para você começar a decidir qual será o seu próximo passo.

Confira os cursos de pós-graduação da Uniube. O que você busca pode estar aqui!

Escrito por Letícia, da Uniube